Anotest: um booster de testosterona 4 em 1 da MuscleTech


Anotest: um booster de testosterona 4 em 1 da MuscleTech

Procurando um otimizador de produção endógena de testosterona? Se sim, apresento-lhes o novo produto da MuscleTech, o Anotest, um booster de testosterona 4 em 1, criado para aumentar sua ergogênese por consequência de um aumento natural hormonal, sem efeitos colaterais como muitos produtos costumam apresentar. E se você pensa que necessitará muito esforço para que isso aconteça, desde a forma com que ingere o produto (muitos apresentam-se com 10-20 comprimidos para serem ingeridos), até os resultados, propriamente ditos, que realmente é o que nos convém, está muito enganado. Anotest funciona da forma mais objetiva e prática possível.

Apresentando um aumento de até 40% mais testosterona do que a idade natural do indivíduo produziria, aumentando os níveis de testosterona livre (efetiva para o anabolismo muscular), aumentando a concentração dos níveis de receptores celulares para testosterona, diminuindo os níveis de cortisol (hormônio extremamente catabólico) e com um ótimo sabor, esses são apenas alguns fatores benéficos iniciais do produto.

Mas, afinal, o que tem de tão especial nos ingredientes desse produto?

Relacionados com o aumento de testosterona no corpo, o primeiro entre eles que podemos destacar é o ácido D-Aspártico, que vem sendo utilizado há algum tempo e apresentado resultados um tanto quanto satisfatórios nesse aspecto.

O segundo deles, por sua vez, são compostos de L-carnitina, entre eles, o tartarato de L-Carnitina, que, além de ser mais estável em meio úmido do que a L-Carnitina, tem apresentado inúmeros benefícios no aumento de ATP e na regeneração celular muscular.

Já o terceiro, são compostos de Boro (citrato e o próprio Boro), importante no metabolismo na ausência de água, além de ser co-fator para mais de 20 enzimas ligadas ao metabolismo do corpo humano.

Produto Anotest da MuscleTech

Porém, o que ainda chama a atenção em Anotest é seu complexo anticatabólico. Se bem lembrarmos, altos níveis de cortisol, oprimem a testosterona, além do que, a construção de massa muscular fica comprometida e, essa também é envolvida com o aumento das taxas hormonais endógenas. Esse complexo possui aminoácidos fundamentais, entre eles, 3 essenciais ao corpo, os BCAAs (L-Leucina, o mais importante, L-Isoleucina e L-Valina), além da Glutamina, auxiliando também o sistema imunológico.

Entretanto, muitos costumam se perguntar os motivos que deveríamos ter níveis altos de testosterona em nosso corpo, ainda mais vantajoso se forem endógenos, ou seja, produzidos pelo próprio corpo e não adicionados de maneira exógena (leia-se sintética), não é mesmo?

Pois bem, o aumento de hormônios anabólicos tais quais a testosterona, um dos mais anabólicos produzidos no corpo, faz não só com que haja um aumento no crescimento e desenvolvimento da massa muscular, mas também, faz com que por conseguinte, a recuperação pós-treino seja maior, os níveis de energia, força, explosão e disposição no treino também sejam maiores, auxilia na redução da perda de inúmeros tecidos, auxiliando o corpo como um todo. Diferente do que fazem os hormônios sintéticos, onde realmente há um aumento brusco nesses hormônios no corpo, produtos como Anotest farão talvez muito menos do que eles, mas ao mesmo tempo, podemos contar com a segurança do produto e, acima de tudo ficar despreocupados com quaisquer tipos de efeitos rebote que possam prejudicar então, por completo, o que construímos.

Anotest é apresentado em embalagens de 284g em seu único sabor de ponche de frutas e rende cerca de 40 porções. Ele deve ser consumido em sua porção de 7g com 120ml de água pela manhã, sendo essa dose possível de aumento até 14g, ou 2 porções.

Anotest, infelizmente, não é um produto com comercialização no Brasil. Para comprá-lo, você terá de pedir em lojas do exterior, como a maior loja de suplementos do mundo, clicando aqui.

Fórmula do Anotest Booster de Testosterona da MuscleTech:

Fórmula com os nutrientes de Anotest

E então, pronto para testar um real aumento hormonal?

Comentários fechados.

Os comentários para este post foram encerrados.