BADDASS Surge: uma proteína hidrolisada premium!


Review do suplemento de proteína hidrolisada Baddass Surge

A BADDASS é um empresa relativamente nova a qual já possui um nome um tanto quanto sugestivo, o qual chama atenção logo de cara. Com sua nova linha de produtos disponível no ?url=http://www.bodybuilding.com/” target=”_blank” rel=”nofollow noopener”>bodybuilding.com, o maior site de vendas de suplementos nutricionais do mundo, ela vem com tudo e parece ser curta e grossa com suas inovações. Assim é com Surge, um suplemento que promete a criação de músculos sem o ganho de gordura corpórea e, com uma força jamais vista antes.

As proteínas são de caráter estrutural ou energético, em suma. Porém, seu principal uso, normalmente faz-se ao estrutural, na medida em que, através dos aminoácidos codificados pelo nosso código genético e reestruturados, de acordo com ele, é possível realizar as inúmeras sínteses que ocorrem diariamente em nosso corpo. Aminoácidos esses que, em grande parte são obtidos pela alimentação (e alguns, exclusivamente por ela).

Como um torrencial tsunami, Surge possui um blend instantâneo de ótima qualidade de aminoácidos para fornecer diretamente ao músculo esquelético. Possuindo nada mais nada menos do que a forma mais simples de proteínas, sendo essa a de whey protein hidrolisado, que não passa por grandes processos digestivos e é rapidamente absorvida no intestino, promovendo assim uma hiperaminoacidemia que será utilizada na reconstrução dos tecidos microlesionados pelo treinamento, aumentando assim, após o reparo, a força e, claro, o tamanho muscular.

Quando buscamos utilizar algum suplemento protéico, devemos nos colocar alguns quesitos em consideração, sendo alguns eles a qualidade em primeiro plano, a quantidade e o tempo que levará para essa proteína ser absorvida, tornando-a mais ou menos ou, talvez nem conveniente para determinado momento. Por exemplo, o whey protein concentrado ou hidrolisado não são boas opções antes de dormir, sendo preferível a Caseína ou até mesmo um blend de caseína com albumina. Mas, no período pós-treino, o whey isolado e hidrolisado tem apresentado ótimos resultados. Esse tempo, pode ser considerado um dos fatores primordiais para fornecer um ambiente propiciamente anabólico e de balanço nitrogenado ao corpo.

Embalagem do suplemento Baddass Surge

Para se ter noção da importância do tempo protéico, o whey protein hidrolisado, em alguns estudos, chega a demonstrar-se possível de incrementar em torno de 24% os ganhos de resistência e força INICIALMENTE e, chegando isso ao número de 32%. Ótimos resultados, você não acha? Diria eu que, até mesmo convincentes… A proteína hidrolisada, obviamente, não apresente índice glicêmico, mas, apresenta um alto índice insulinêmico, sendo, por hora desnecessário até mesmo o uso de carboidratos no pós-treino imediato, garantindo mais benefícios ainda (inclusive no bolso), em especial para indivíduos que estão em fase de definição muscular e/ou perda de peso.

Resumidamente, para quem busca o máximo de resultados, aliar BADDASS Surge em sua dieta, pode ser um acréscimo e tanto. Aliás, a proteína hidrolisada tem sido tão interessante que, sua versatilidade permite que a mesma possa ser utilizada, inclusive no pré-treino imediato, assim como muitas vezes usamos, por exemplo, apenas os BCAAs junto com outros aminoácidos. Porém, a vantagem de usar proteínas, é que, a disponibilidade de aminoácidos será bem maior e diversificada, propiciando um ambiente ainda mais anabólico ao corpo.

Surge é apresentado em embalagens de 2lbs, gerando 30 porções de 30,5g de produto e, fornecendo na mesma porção, apenas 1g de lipídios, 3,5g de carboidratos e 24g de proteínas de altíssimo valor biológico e em num único sabor, o de baunilha.

BADDASS Surge não é uma proteína vendida no Brasil, pois ainda não há registro na ANVISA. Porém você pode optar por comprar da bodybuilding.com e receber direto em sua casa, sem complicações, basta clicar aqui.

Artigo escrito por Marcelo Sendon

Comentários fechados.

Os comentários para este post foram encerrados.