Ioimbina (Yohimbine): Benefícios, Como Usar, Onde Comprar e MAIS!


Para pessoas que buscam frequentemente o emagrecimento e a redução do percentual de gordura, seja por razões meramente estéticas, ou ligadas com a saúde e a melhora na qualidade de vida, certamente a palavra “Ioimbina” não é incomum, uma vez que esta é uma das substâncias mais conhecidas por quem busca perda de peso!

Porém, você sabe ao certo o que é a Ioimbina, também conhecida como Yohimbine? Sabe quais são seus efeitos no corpo? Você está apto para utilizá-la? Será que esta substância tão falada possui efeitos colaterais? E quais são suas melhores formas de uso? Para descobrir um pouco mais sobre esta substância utilizada há anos, vale a pena prosseguir na leitura do artigo.

O que é a Ioimbina?

Também conhecida como Yohimbine, a Ioimbina é uma substância retirada da casca da Corynanthe yohimbe que é uma árvore africana pouco difundida. Esta casca de árvore possui um alcaloide, que é justamente a Ioimbina, que é uma substância que possui efeitos excitatórios através de alguns mecanismos os quais tornam possíveis a otimização da queima de gordura corpórea (lipólise), a supressão do apetite e a melhor disponibilidade energética ao corpo, especialmente durante as atividades físicas, onde os músculos consomem boas quantidades de ácidos graxos, num processo chamado Beta-Oxidação.

No princípio a Ioimbina era apenas utilizada por povos locais com finalidades médicas. Mais tarde, passou a ser usada como um componente afrodisíaco e só depois então começou a ser usada com finalidades de melhorias estéticas e de performance.

A Ioimbina se tornou muito popular, especialmente após conseguirem a isolar e utilizá-la em suplementos ergogênicos, de maneira pura. Não é a toa que ela está presente em 80% dos suplementos conhecidos como redutores de gordura e não é a toa que ela está presente também em muitos suplementos pré-treino.

Como a Yohimbine funciona?

A Ioimbina é um antagonista seletivo dos receptores Alfa-2 adrenérgicos. Sendo assim, ela promove a sensibilidade das células, fazendo com que o consumo natural de energia das mesmas seja significativamente aumentado.

Havendo então a necessidade de maiores fornecimentos de energia para estas células, a gordura corpórea armazenada passa a ser mobilizada para esta via. Este processo ocorre através da lipólise e da beta-oxidação. Basicamente no tecido adiposo, ocorre a hidrólise por ação da LHS (Lipase hormônio sentível) que promove a degradação da gordura. Após isso, os ácidos graxos livres passam a ser transportados através da carnitina para a mitocôndria das células (especialmente musculares) para que possam ser usadas como energia. E é justamente este processo que promove a redução da gordura corpórea.

Benefícios da Ioimbina

Como mencionado, o principal uso da Ioimbina é mesmo para a queima de gordura corpórea, visto seu mecanismo de estímulo à lipólise. Além disso, ela possui efeitos supressores do apetite, o que permite com que o indivíduo se sinta saciado por mais tempo e/ou coma menos nas refeições, favorecendo o saldo energético negativo e a perda de peso.

Alguns estudos também mostram um pequeno efeito termogênico da Ioimbina, sendo que isto faz com que a taxa metabólica basal se eleve e o corpo queime mais calorias também de maneira natural.

Porém, a Yohimbine também possui efeitos ligados com a melhora no apetite sexual (efeito afrodisíaco). Isso se deve ao fato de que ela é vasodilatadora, melhorado o fluxo sanguíneo nos tecidos diversos do corpo, inclusive o tecido peniano, que depende da circulação para que ocorra a ereção.

Muito provavelmente é justamente através deste mecanismo que a Ioimbina também contribui para uma melhora no ganho de massa muscular, promovendo melhor recuperação (e mais eficiente também), promovendo melhora na disposição e favorecendo o aproveitamento energético pelo corpo durante e após as atividades físicas. Através da vasodilatação, é possível observar uma maior chegada de nutrientes aos músculos e também uma melhor retirada de toxinas do corpo.

Suplemento Iombina em Cápsulas da Oficial Farma

Efeitos colaterais

Não existem relatos conhecidos ou estudos de pessoas que sofreram superdosagens de Ioimbina a ponto de que ela pudesse realmente trazer consequências graves. Entretanto, sabe-se que por ela ser um estimulante, seu consumo em grandes quantidades pode trazer malefícios tais quais:

  • Dores estomacais e desconfortos gastrointestinais gerais;
  • Taquicardia;
  • Insônia e/ou dificuldade para dormir (especialmente se ela for utilizada próximo ao momento de dormir);
  • Edemas;
  • Dores de cabeça;
  • Náuseas;
  • Elevação da pressão arterial;
  • Paralisias;
  • Convulsões;
  • Problemas renais;
  • Dificuldades para respirar.

Pessoas sensíveis a substância também podem apresentar problemas alérgicos.

Portanto, é sempre bom consultar o seu profissional (médico e/ou nutricionista) sobre as melhores formas (dosagens, momentos de uso etc) de Ioimbina para que você possa evitar possíveis efeitos colaterais.

Qualquer pessoa pode tomar a Ioimbina?

Apesar de relativamente segura, existem algumas pessoas que não devem fazer uso dela:

  • Mulheres grávidas;
  • Lactantes;
  • Idosos (pessoas acima de 55 anos, em média);
  • Crianças e adolescentes;
  • Pessoas com doenças diversas (hepáticas, renais, cardiovasculares, respiratórias, com problemas prostáticos, câncer, esquizofrenia e outros problemas neurológicos e/ou psicológicos, diabéticos);
  • Pessoas as quais estejam fazendo o uso de medicamentos (salvo com autorização do seu médico).

Também é recomendado que se você estiver passando por algum procedimento específico (tratamento estético, cirurgia etc) suspenda o uso da Ioimbina, caso esteja fazendo.

Existem remédios que causem interações com a Yohimbine?

Sim. Medicamentos relacionados com o tratamento de depressão, insônia e outros problemas psicológicos e/ou neurológicos, medicamentos para doenças cardiovasculares, medicamentos para doenças cardíacas, medicamentos estimulantes, entre outros podem interagir negativamente com a Yohimbine.

Portanto, é sempre essencial consultar seu médico antes de quaisquer usos.

Como se deve tomar a Ioimbina?

Muitos são os protocolos a cerca do uso da Ioimbina, porém, normalmente ela é utilizada em forma de cápsulas. Nestes casos, normalmente é utilizada uma dosagem de 0,2mg/kg de Ioimbina.

Isso, para a maioria das pessoas irá girar em torno de 10-30mg de Yohimbine por dia. Essa dosagem, de maneira geral, é dividida em duas tomadas diárias, preferencialmente longe do período de dormir (uma boa opção seria ao acordar e antes do treino ou no meio da tarde). Ela deve ser ingerida com água, e não há necessidade de estar com o estômago vazio.

Conclusão:

Para pessoas as quais buscam o emagrecimento, a Ioimbina pode ser um coadjuvante interessante neste processo, uma vez sendo grandemente estimulante dos processos lipolíticos no corpo e uma grande supressora de apetite. Ainda, ela pode auxiliar na melhoria do apetite sexual e no ganho de massa muscular.

Não necessitando de superdosagens (as quais, inclusive, nem devem ocorrer pelas chances dos efeitos colaterais surgirem), é um suplemento com bom custo X benefício.

Mas, lembre-se antes de observar se você não está incluso na categoria de pessoas que não devem utilizar a Ioimbina e também atente-se para seguir a orientação de um profissional (médico ou nutricionista) qualificado.

Comente!